23 de abril de 2014

Madame Saatan - 11 anos de missão


























Banda paraense e uma das minhas preferidas que moram no meu coração desde que ouvi pela primeira vez, Madame Saatan, anuncia um monte de novidades.

O Madame Saatan acaba de lançar o EP comemorativo “11 Anos na Missão” (Doutromundo Discos). No pacote estão as músicas “Caos”, parte da trilha do espetáculo que deu origem à banda “Ubu Rei – Uma odisséia em bundalele”, “Até o Fim” e “A Foice” em versões acústicas, e “Estranhos”, música não finalizada que fez parte da pré-produção do disco “Peixe Homem”.

As músicas têm a produção musical de Paulo Anhaia, responsável pelo disco “Peixe Homem”. Junto com o EP, está o web clipe da música Moira, que trás um apanhado de imagens desses 11 anos de banda.

Esse momento também marca o afastamento temporário da vocalista Sammliz das atividades do Madame Saatan para se dedicar à sua carreira solo. Com isso a banda entra em recesso por tempo indeterminado.

Pra baiuxar o EP, CLIQUE AQUI

Me emocionei com o Web Clipe. Vem chorar junto comigo, cara: 


Acesse: www.madamesaatan.com.br

18 de abril de 2014

INconstante Mixtape

Tanta coisa acontece que deixa a vida inconstate. Isso é bom pra fugir da rotina mas é ruim porque, de certa forma, atrapalha quando se produz um cronograma de trabalho.

Agora, com tudo voltando à sua loucura normal, tô de volta com o meu Blog e prometo postagens diárias pra matar a saudade de todo mundo!

Ah, criei o Café das Três, um blog com conteúdo mais sério, com toques de sacanagem e muitas doses de mimimi. Se quiserem conhecer, acessem: http://www.cafedastres.wordpress.com.

Pra comemorar mais esse retorno, gravei uma mixtape com gente que tenho escutado nos últimos meses. Dá um play e curte essa vibe inconstante!



Playlist:

1) Nina Simone - Feeling Good
2) Capital Cities - Kangaroo Court
3) Jessie J - Who's Laughing Now
4) Suzane Vega - Tom's Dinner
5) Alicia Keys - New Day
6) Lord - Team
7) Massive Attack - Spying Glass
8) Sia - Be Good To Me
9) Amy Winehouse - Close To The Front
10) Azealia Banks - Esta Noche
11) Mayer Hawthorne - Wine Glass Woman
12) Naughty Boy ft. Sara Smith - La La La 

9 de janeiro de 2014

Bermudas

Elas surgiram na década de 30 como uma forma de driblar as leis que proibiam que as mulheres mostrassem as suas pernas. As bermudas, batizadas com esse nome por conta do local onde foram inventadas (Ilhas Bermudas, Caribe) hoje fazem parte do guarda roupas de todo mundo e pra esse tempo instável de Belém, é uma mão na roda!






















Na época em que foi inventada, as pessoas dobravam suas calças para amenizar o calor. Do modelo clássico, acima do joelho, a bermuda foi ganhando novos modelos, definições e as mais variadas possibilidades de uso.

Eu adoro usar bermudas. Além de confortáveis e de facilitarem a locomoção, ainda posso exibir a minha tattoo. Tem post sobre minha tatuagem AQUI. Calças são mais formais, sempre atrapalham um pouco e, mesmo com Lycra, são desconfortáveis em dias de muito calor.










































Momento selfie no provador da Hering! A bermuda que tô usando é de lá. Ela tem elástico na cintura, um bolso lateral e outro traseiro fechados com velcro e bolsos tradicionais nas coxas. O melhor de tudo? O preço, gente. Cada bermuda sai por R$ 69,90.Tenho outro look com bermuda AQUI.

Ainda sobre a Hering, ela é uma das minhas marcas preferidas. Sempre é possível encontrar camisas e, da última vez que fui lá, bermudas em tamanhos grandes e com preços excelentes. Já gastei até R$ 250,00 em uma bermuda simples. Depois de descobrir os modelos da Hering, tô economizando à bessa.







Regras básicas para gordos ou magros que são baixinhos: evitem as bermudas com a barra dobrada assim como as que ficam abaixo do joelho. Os melhores modelos são os que ficam acima do joelho, alongando a silhueta. A camisa não deve sem comprida demais e equilibre as cores das duas peças.

Bermudas saruel não ficam bem em gordos. Eu sei que são confortáveis porque não prendem entre as pernas, mas a visão do look não fica boa. Se as pernas são juntas, é melhor usar bermudas de algodão ou tecidos leves, evitando o jeans.

Não gosto de usar "camisa pra dentro" quando uso bermuda. Na verdade, nem quando uso calça. Deixa a camisa solta, a intenção é que o look seja confortável. Também não acho legal prender uma parte da camisa na cintura. Fica desleixado demais. Enfim, seja free!























Os looks acima são da loja Kauê. CLIQUE AQUI pra conhecer mais peças e saber os seus respectivos valores. Eles são especializados em plus size e as roupas são lindonas!
































Bermuda é uma peça super democrática e fica bem em todo mundo, basta saber dosar as peças para que o look fique fabuloso. Você gosta de bermudas? Qual o seu modelo preferido? Me conta! Bora?